domingo, maio 29, 2016

O Amor é a prova.

Provar o Amor, tem coisa mais sem noção, sem nenhuma razão. Quem pede prova de Amor não sente o Amor. E aquele que se dispõe a oferecer a tal prova, esse,realmente sim, é que precisa de Amor. O Amor não precisa ser posto à prova,o Amor por si só é a prova. Pedir prova de Amor, é pedir a prova da existência de Deus; se você não sente o Amor, quem vai provar que existe.

domingo, maio 15, 2016

Bom ouvinte.

Quem conversa com o mar, tem mais a ouvir do que a falar. O mar escuta, o mar responde, o mar tem as vozes de séculos de lamentações e emoções, daqueles que por ele navegaram, que viveram aventuras, ou que sofreram torturas. Quem conversa com o mar, tem mais a ouvir do que a dizer. O mar parece perceber o que você está sentindo por isso continua ali te ouvindo,agitando suas ondas num vai-e-vem constante, parece coisa de bom amante. O mar tem a companhia das estrelas e da lua,para sempre, por isso parece prepotente.

domingo, maio 01, 2016

O Grito da Alma.

Para escrever Poesia você tem que viver o desespero, tem que se perder por inteiro, No sonho de Amor. Tem que se revelar para a caneta captar, e para o papel passar. Tem que fazer o papel acreditar, para o seu pranto dominar a página em branco, tem que ser totalmente franco. Tem que aceitar o grito da alma, tem que saber que até a alma sangra, e precisa ouvir as suas palavras em forma de Poesia, que agem como remédio para o tédio e alivia. Tem acertos,tem erros,isso é ser humano, e ser escritor é saber conviver com a sua humanidade, com a sua realidade,com a sua verdade. Ser escritor é conviver entre a dor e o Amor.